Adão Negro nas Escolas

Adão Negro nas Escolas

O grupo começou a palestrar nas escolas da rede pública de Salvador a convite de ex colegas universitários, hoje professores do ensino médio e faculdades, para contribuir com assuntos relativos ao cotidiano dos alunos. As letras das músicas da banda, de teor engajado e repleto de temas importantes da atualidade, aliadas à postura da banda em desenvolver um projeto musical independente, bem como a experiência dos integrantes como alunos/professores das redes pública e privada, foram aspectos que geraram os primeiros convites. Foi sob a proposta de transversalidade na educação que as visitas começaram a acontecer. Para Amélia Hamze, vários aspectos podem ser explorados nos temas transversais. Quando enfocamos o tema transversal “Trabalho e Consumo”, por exemplo, podemos enfatizar a informação das relações de trabalho em várias épocas e a sua dimensão histórica. Podemos também, analisar a influência da publicidade na vida das pessoas, enfocando a Indústria Cultural em que a própria banda se encontra. Podemos ainda refletir sobre como a propaganda dissemina atitudes de vida, padrões de beleza e condutas que manifestam valores e expectativas. Analisar criticamente o anseio de consumo e a autêntica necessidade de adquirir produtos e serviços. É exatamente neste contexto que o Adão acredita que pode contribuir com o trabalho nas escolas.
Como no início o projeto acontecia pelas muitas amizades que o grupo tem, o projeto beirava a informalidade. Para a felicidade de todos, as palestras foram crescendo em número e em estrutura. Uma a uma as escolas tomavam conhecimento dos debates e também convidavam a banda. Apesar de já estarem bem fundamentados na proposta curricular da instituição educacional, os encontros precisavam de uma maior organização quanto a estrutura para atender as exigências do próprio crescimento. Isso levou a banda a formatar os encontros na forma de um projeto, por entender que este pode contribuir de alguma maneira para a formação dos alunos na mesma medida em que enriquece as próprias experiências individuais dos educadores.

Como Participar

Basicamente qualquer escola do nível médio ou superior pode participar do projeto. Logicamente o conhecimento e aprovação da direção da escola são fundamentais. O primeiro passo é entrar em contato com a produção do grupo através de E-mail da própria página (www.adaonegro.com.br) informando a proposta do encontro e data que este ocorrerá. Como a palestra envolve uma apresentação musical acústica (ao final) é preciso verificar a estrutura disponível, no tocante ao espaço, número de pessoas, material de som que será necessário, transporte de material, etc, tudo feito com o máximo de antecedência para combinar com a agenda da banda.

Entre em Contato

  • Junior

    (71) 9104 8281

    E-mail:

    juniorispar@gmail.com

    junior_ispar@hotmail.com

  • Robson B1

    (71) 8181 0661

    E-mail:

    robsonb1@hotmail.com

Desenvolvido por Slim